Servišo de Neurologia dos Hospitais da Universidade de Coimbra
          
servicos   corpoclinico   consultas
  contactos
     
 
O Serviço de Neurologia dos Hospitais da Universidade de Coimbra integra uma estrutura assistencial de grande dimensão com o ensino da cadeira de Neurologia do Curso de Medicina da Universidade de Coimbra. A investigação no âmbito das ciências neurológicas decorre daquela dupla vocação assistencial e universitária.
 
Uma equipa médica com três dezenas de profissionais assegura a assistência em 3 unidades de internamento geral com cerca de 80 camas e três unidades de internamento especiais: a Unidade de Monitorização de Epilepsia e Sono (UMES), a Unidade de Acidentes Vasculares Cerebrais (UAVC) e o recém criado Hospital de Dia de Neurologia.

Os departamentos de Neuroquímica, Neuropatologia, Neurofisiologia e de Funções Nervosas Superiores proporcionam uma quase completa autonomia de informação complementar naqueles domínios.

O movimento assistencial absorve necessariamente a maioria dos profissionais e do seu tempo. Os valores por que se traduz esse trabalho têm flutuado pouco ao longo dos anos, relativamente à consulta externa e internamento.
 
Diariamente, 4 neurologistas encontram-se destacados em apoio à urgência dos HUC e às unidades de Epilepsia e AVC. A coordenação das suas actividades é responsabilidade de um 5º neurologista entre as 9 e 21 horas.
A urgência de Neurologia integra a urgência geral dos HUC.
 
O internamento geral de Neurologia encontra-se fortemente desviado para o tratamento de doentes com doença cérebro-vascular. O que sempre foi uma vocação tradicional é, mais recentemente, também uma exigência da evolução epidemiológica (uma população envelhecida em que os AVC são cada vez mais prevalentes) e de um modelo assistencial que tem confinado a assistência hospitalar, em todas as fases de doença vascular cerebral, a unidades de cuidados diferenciados. São afectos a este tipo de doentes cerca de 80% das camas de internamento.
 
O hospital de Dia de Neurologia presta cuidados diários a doentes com várias patologias, entre as quais, a Esclerose Múltipla e a Miastenia, proporcionando uma gama diferenciada de tratamentos endovenosos, como o sejam a imunossupressão ou a imunomodelação, o que constitui uma maior comodidade para o doente crónico, que necessita de uma vigilância clínica periódica, preferencialmente durante um curto período de internamento.
Servišo de Neurologia dos Hospitais da Universidade de Coimbra